Como criar um perfil profissional?

Perfil profissional: como criar um

Neste artigo você vai aprender como criar um perfil profissional em uma rede social, o Linkedin, que é uma repleta de oportunidades de emprego, conhecimento e experiências trocadas entre os participantes dela!

Você já preencheu algum formulário para uma vaga de emprego em que precisou colocar as suas redes sociais? Se isto já aconteceu, você ficou com algum receio de não ser contratado por conta das suas particularidades fora do ambiente profissional? Pois se você é igual a mim, deve ficar postando quase tudo que faz nas suas redes sociais, expondo seus pensamentos, reflexões e fotos com seus conhecidos, amigos e familiares.

Por que não sou contratado? Será que meu perfil profissional deve melhorar?

Voltando a questão de ter receio de não ser contratado, queria dizer que você não é o único que divide suas particularidades em redes sociais como: Instagram, Facebook. Muitos recrutadores e profissionais da sua área estão nas mesmas redes sociais que você, mas eles não estão lá para vasculhar sua vida particular e decidir se você é apto para a vaga, pois assim como você, eles estão ali para interagir com seus amigos, familiares e suas marcas favoritas, então se tranquilize.

Agora para que você nunca mais se sinta receoso em colocar sua rede social no currículo,   vou te contar como criar um perfil em uma que é voltada para o ambiente profissional, o Linkedin.

Então, vamos lá!

Primeiro vou te contar um pouco o que ela é, como funciona e pra qual finalidade as pessoas usam (apesar de já sabermos que é mais voltada para uso profissional).

O que é o Linkedin?

O Linkedin é uma rede mais profissional – como já disse – então nela você dificilmente irá ver uma postagem daquele lanche delicioso que seu amigo acabou de comer, mas encontrará um universo com conteúdos ricos e de qualidade voltados mais pro lado profissional. Os usuários do Linkedin se comportam de maneira diferente das demais redes: eles buscam gerar valor à outras pessoas e postar aprendizados que tiveram no dia-a-dia em seus trabalhos, onde vale também postar aquele certificado de um curso realizado.

E tem mais! Estima-se que no mundo há mais de 300 milhões de usuários conectado nessa rede social profissional. Por isso, para você que está começando ou já está no mercado de trabalho, seja na programação ou em outra área e quer compartilhar suas experiências profissionais, seus certificados e conhecer outras pessoas da sua área para compartilhar ideias e conhecimento, eu recomendo que crie um perfil profissional no Linkedin.

Agora que você leu sobre o Linkedin, vou te ensinar como criar um perfil por lá, para que você possa fazer isto ainda hoje, através de um passo a passo de como criar a conta e preencher seu perfil com dados importantes e indispensáveis.

 

Primeiras etapas para a criação do seu perfil profissional

 

1 – Primeiramente, para criar a sua conta você deverá acessar este link. Você irá se deparar com uma tela pedindo para que você preencha seu e-mail ou número de telefone e crie uma senha.

Tela de preenchimento de dados para criar perfil profissional no Linkedin.

2 – Feito isso, é preencher seu nome e sobrenome

Imagem que mostra o preenchimento de dados como nome e sobrenome para criação de um perfil profissional no Linkedin

3 – Insira a sua localização:

Imagem que mostra a tela de inserção de localidade na criação de um perfil profissional no Linkedin

4 – Preencha o seu cargo e a empresa mais recente em que trabalhou, ou marque a opção “sou estudante” (caso você não esteja empregado e seja apenas estudante).

Imagem da tela onde o usuário vai colocar o cargo mais recente, empresa e setor para criar seu perfil profissional no Linkedin

5 –  Logo depois, você receberá um código de confirmação será enviado para o seu e-mail. Então acesse seu e-mail, pegue o código e cole no campo.

Tela de confirmação de e-mail para criar o perfil profissional no Linkedin

Adicione seus conhecidos de e-mail no Linkedin

6 – Depois, o Linkedin irá perguntar se você quer adicionar as pessoas do seu e-mail. Se achar interessante, você pode fazer isto e ele irá buscar as pessoas as quais você enviou ou recebeu e-mail e enviará um convite para cada uma delas. Mas, se achar desnecessário, pode clicar em “pular”.

Tela para adicionar contatos de e-mail, caso a pessoa queira adicionar seus amigos de e-mail no linkedin, na criação de seu perfil profissional.

7 – A próxima etapa é a foto de perfil e é aqui que você precisa tomar muito cuidado! A dica é: procure uma foto em que você esteja olhando para frente e sorrindo. Evite fotos na praia ou em mesa de bares, use essas fotos no Instagram ou no Facebook.

Tela onde a pessoa vai colocar a sua foto para a criação do perfil profissional

8 – O Linkedin irá perguntar a você se deseja criar um alerta de vaga ou não – fica a seu critério, se você ativar a opção, ele vai mandar notificações para você mostrando vagas que estejam relacionadas ao seu setor. E pode acreditar: muita gente divulga vagas no Linkedin.

Tela onde o usuário irá colocar seu cargo e localidade, caso queira criar um alerta de vaga na criação de seu perfil profissional

9 – Em seguida o Linkedin irá te sugerir para baixar o aplicativo em seu celular e esta é uma ótima maneira de manter suas conexões mais perto de você.

Tela onde o usuário irá colocar o país e telefone caso queira baixar o aplicativo do Linkedin

Configurações para garantir que seu perfil seja visto

10 – Pronto, seu perfil profissional está criado, mas ainda não está pronto, pois há algumas configurações que você precisa terminar para garantir seu perfil seja visto, então o próximo passo é clicar no canto superior direito onde aparece a opção “eu”.

Tela onde o usuário vai ver algumas opções de sua conta e gerenciamento do seu perfil profissional no Linkedin

11 – Clique em Visualizar perfil para ser levado até a página do seu perfil.

O primeiro campo que você deve preencher é uma breve descrição sobre você. Para editar, é só clicar no “lápis” ao lado de “mais” no canto superior direito da categoria do seu perfil.

Tela onde o usuário verá informações sobre seu perfil profissional no Linkedin

12 – Ao clicar, você irá se deparar com várias opções para personalizar.

Tela onde o usuário colocará informações para a introdução do seu perfil

Dica para a seção título

13 – Na seção título, uma dica é colocar a sua área de atuação. Por exemplo, você é programador PHP? Então coloque isto. O Linkedin tem um potencial orgânico muito grande e as pessoas encontrarão seu perfil profissional de acordo com as palavras chaves que você linkar nele, tanto no título quanto em uma outra seção que explicarei mais à frente. O erro que muitas pessoas cometem é colocar no título “recolocação”. Um recrutador dificilmente vai procurar por “recolocação” na sua busca por pessoas. Ele vai direto na fonte: no que você sabe fazer. Então, se atente a colocar seu cargo e habilidades.

 

14 -Há também outro campo dentro do Linkedin que você deve dar atenção, e ele mede a força do seu perfil. Preencha ao máximo para você chegar no nível campeão, que te dá muito mais visibilidade dentro da rede social.

Tela onde o usuário vê a força do seu perfil

Fale sobre quem você é no seu perfil profissional

15 – Haverá uma opção para você adicionar um resumo, clique nela e coloque sua biografia. Lembra que falei das palavras-chaves? Faça um resumo sobre quem você é e não deixe de destacar suas qualidades e habilidades profissionais. O Linkedin também te ranqueará nas buscas.

Tela onde o usuário pode colocar um resumo de seu "sobre" na criação de seu perfil profissional

16 – Além disso, você pode colocar tudo aquilo que você é bom e sabe fazer. Não tenha medo de colocar suas principais competências, mas lembre-se de dizer sempre a verdade.

Tela onde mostra onde o usuário pode adicionar suas competências em seu perfil profissional

17 – Se você possui outras experiências profissionais, é válido destacar!

Tela onde o usuário pode colocar sua experiência na criação de seu perfil profissional

Com as informações principais preenchidas, você estará pronto para começar a ser notado por potenciais recrutadores. Use e abuse desta rede social, mas faça com sabedoria. Coloque seus principais trabalhos e compartilhe conteúdos valiosos com a sua rede!

Criou seu perfil através deste artigo ou se já tem um Linkedin? Compartilha nos comentários e se quiser posso avaliar e te dar dicas de melhoria.  Este é o meu Linkedin, é só clicar.

Veja mais artigos em nosso blog.